Notícia

CONTROLADORIA

Controladoria Geral do Estado
Quinta, 24 Outubro 2019 12:40
TRANSPARÊNCIA

Controladora-geral do Estado assume presidência da Associação Interamericana de Contabilidade

Maria Clara Bugarim é a primeira mulher a ocupar o cargo; AIC busca integrar profissionais, fomentar a transparência e o combate à corrupção

Controladora assumiu a presidência da Associação Interamericana de Contabilidade Controladora assumiu a presidência da Associação Interamericana de Contabilidade Adriana Araújo
Texto de Livia Leão, com informações do CFC

A controladora-geral do Estado, Maria Clara Bugarim, assumiu a presidência da Associação Interamericana de Contabilidade (AIC). Representantes da Controladoria-Geral do Estado (CGE) estiveram presentes na solenidade realizada na terça-feira (22), em Cartagena, na Colômbia.

A contadora alagoana é a primeira mulher a ocupar o cargo. A Associação Interamericana de Contabilidade é uma organização de contabilidade internacional, que tem como objetivo principal integrar os contadores do continente americano, promovendo o desenvolvimento da qualificação dos profissionais.

A controladora destacou que assumir a presidência é um grande desafio e que a meta da nova gestão é garantir a integração dos profissionais dos países da América Latina para o fomento à transparência e ao combate à corrupção.

“Nos últimos anos, a corrupção atingiu níveis alarmantes em todo o mundo, impedindo o crescimento econômico e o desenvolvimento dos países. E estamos dispostos a encontrar mecanismos eficazes para reduzir esta prática, com políticas urgentes para o bom controle da coisa pública e dos recursos oriundos da sociedade”, ressaltou.

Para Maria Clara, o profissional da contabilidade tem um papel de extrema importância, atuando como agente de transformação para a obtenção dos princípios de integridade organizacional e da defesa do interesse público. “Esta união de esforços ratifica o nosso dever de projetar a profissão contábil a um nível mais elevado e respeitável no contexto mundial. Estamos unidos na missão de lutar por uma administração cada vez mais transparente, incentivando que os órgãos públicos e as entidades adotem boas práticas, garantindo o acesso à informação e atuando no combate à corrupção”.